Damiana Santos

Eu amo minha filha com Autismo "À melhor coisa que aconteceu em nossas vidas foi o autismo da Alice.." Todos nós achamos q só o vizinho ou um parente distante tem um filho especial, mais quando nós nos vemos nessa situação, agente cai em si, e percebemos que também podemos passar por situações que jamais pensamos em passar!!! Minha filha tem cinco anos e se chama Alice, e foi diagnósticada em 2013,com 2 anos e meio, pelo Transtorno-Global do desenvolvimento CID10 F84-Espectro-Autista..
“À melhor coisa que aconteceu em nossas vidas foi o autismo da Alice..”
Todos nós achamos q só o vizinho ou um parente distante tem um filho especial, mais quando nós nos vemos nessa situação, agente cai em si, e percebemos que também podemos passar por situações que jamais pensamos em passar!!!
Minha filha tem cinco anos e se chama Alice, e foi diagnósticada em 2013,com 2 anos e meio, pelo Transtorno-Global do desenvolvimento CID10 F84-Espectro-Autista..
Fiquei no chão, foi como ter arrancado uma parte de mim, chorei chorei muito.
Não entendia nada sobre Autismo, não sabia por onde começar, como agir,quais os passos a se tomar, pedi força e sabedoria pra Deus,pra seguir em frente, afinal chorar não pudaria o diagnostico!
e Quem percebeu que a Alice tinha algo, foi a professora da creche, pois pra mim ee meu marido Alice não tinha nada ,só não falava,temos um filho  e ele é normal graças a Deus, ele demorou pra falar, então pra nós a Alice estava puxando o irmão!!
A professa me disse mãe leva a Alice no médico pois ela age como um bebê, não como uma criança da idade dela, e àquilo me chamou a atenção, pois ela brincava com as mãos e não ia no colo de ninguém, resolvi levar no médico foi quando a pediatra me encaminhou para a neuro e lá tive esse diagnóstico, e comecei a ligar as coisas, Alice não falava, não ia no colo de ninguém, não brincava,eu dizia minha filha parece um bicho do mato, chega gente em casa ela se esconde,era sempre sozinha, no cantinho e no mundo dela percebi q todas as pergunta da médica era como se ela convive-se com agente, pois tudo bateu direitinho como Alice é!!
Diagnóstico feito vamos as terapias, fono e terapia ocupacional!!
As terapias deram tão certo, q ela começou a se desenvolver, na fala só a interação social q é mais complicado.
No começo ela falava uma palavra, e esquecia, e ai meu marido já ficava aflito achando q ela não iria falar,mais Deus é maior, e continuamos as terapias,tudo no tempo dela, aprendemos isso com ela,e ao passar do tempo, ela começou a falar e não esquecer, começou a dar nomes as coisas, à identificar as coisas, falar frases grandes,hoje fala até palavras em inglês..

Na interação social hoje ela deixa as pessoas se aproximar dela,mais do jeitinho dela e quando ela quer, mais pra nós já é uma vitória..

Alice é um doce de menina, carinhosa, meiga quem conhece se apaixona,pois ela traz muita alegria e muita felicidade só é agitada,não para um minuto,toma remédio para se concentra e fica mais calma e o remédio ajuda ela no sono também!!
Hoje sabemos q Alice veio para mudar as nossas vidas,ela nós une cada dia, com ela e sempre uma lição de vida, com ela aprendemos q para ser feliz não precisamos de muito, q o simples é tudo.
Meu filho tem 11 anos, hoje ele compreende à irmã,as limitações dela,é um anjo q Deus me enviou, pois me ajuda,é  e paciente,protege, cuida e ama à irmã!
Meu marido é um paizão, ama, cuida, protege, mais a situação em si ele não aceita, mais sei q um dia ele aceitará, pois o mais importante ele tem q é o amor incondicional por ela!!
Já vencemos muitas limitações, e vamos vencer mais e mais pois desistir jamais essa palavra não existe pra nós!!
Mais sabemos q nem tudo é flores, pois o preconceito é grande, mais vamos em frente.
Pai e mãe não desista de ir atrás do bem está do seu filho, seja ele especial ou não, siga em frente sempre!!
Sabemos q nossa família,pode nós ajudar, mais na hora do vamo ver,na hora de dar a cara pra bater somos nós pais,ou só a mãe, pois conheço muitas que é só, e cuida dos seus filhos sozinhas, mães guerreiras, mães q não desiste de seu filho, mães de verdade!!
Eu e meu marido somos abençoados, pois Alice é o nosso anjo, nossa maior bênção.
Filhos amor incondicional
Amoo minha família
Nós amamos a Alice nosso anjo
Essa foto diz tudo como minha filha é feliz, como ela nos faz feliz.
Sou uma mãe orgulhosa,pois minha filha é uma guerreira.
Quantas superações ela venceu e a maior foi a fala, hoje fala mais q uma matraca rsrs amamos VC Alice papai, mamãe e irmão

One Response to Damiana Santos

  1. Cristina Rosa says:

    Que linda história Damiana.
    Me identifiquei muito com você… as vezes fico perdida envolvida com tantas novidade da minha filha que também é autista e também tem cinco anos… mas aprendo muito com ela… e o amor incrivelmente só cresce e as lutas o fortalece… grande abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prove que não é um robô *

Em seu Art. 3º afirma que o autista tem direito ao acesso à educação e ao ensino profissionalizante. Depois, em parágrafo único, a mesma lei afirma que “Em casos de comprovada necessidade, a pessoa com transtorno do espectro autista incluída nas classes comuns de ensino regular, nos termos do inciso IV do art. 2º, terá direito a acompanhante especializado.”. Aqui está outro grande alívio para nós, profissionais, que temos lutado por acompanhante especializado de escola em escola e que já ouvimos tantos “nãos” e tantos estranhamentos frente a este pedido. O acompanhante especializado é direito do autista e é fundamental para que ele se adapte ao meio escolar e consiga aproveitar ao máximo as estimulações deste contexto.

Inclusão de autistas, um direito que agora é lei

Nas últimas semanas, um tema não muito frequente tem tomado as manchetes de jornais e [...]

sindrome-de-down

Síndrome de Down: o preconceito é a maior barreira

A gravidez traz muitas expectativas e surpresas para os pais. A ultrassonografia que mostra o [...]

Sindorme-2

Síndrome de Dawn

A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior [...]

sindrome-mobius

Você já ouviu falar da Síndrome de Moebius?

Quantas vezes você já sorriu hoje? Vale tudo: desde a risada amarela para cumprimentar [...]

Síndrome-de-Williams-6-1024x681

Como lidar com a Síndrome de Williams na escola?

A sociabilidade não é um problema para crianças com Síndrome de Williams. Mas é preciso [...]

Em seu Art. 3º afirma que o autista tem direito ao acesso à educação e ao ensino profissionalizante. Depois, em parágrafo único, a mesma lei afirma que “Em casos de comprovada necessidade, a pessoa com transtorno do espectro autista incluída nas classes comuns de ensino regular, nos termos do inciso IV do art. 2º, terá direito a acompanhante especializado.”. Aqui está outro grande alívio para nós, profissionais, que temos lutado por acompanhante especializado de escola em escola e que já ouvimos tantos “nãos” e tantos estranhamentos frente a este pedido. O acompanhante especializado é direito do autista e é fundamental para que ele se adapte ao meio escolar e consiga aproveitar ao máximo as estimulações deste contexto.

Inclusão de autistas, um direito que agora é lei

Nas últimas semanas, um tema não muito frequente tem tomado as manchetes de jornais e [...]

sindrome-de-down

Síndrome de Down: o preconceito é a maior barreira

A gravidez traz muitas expectativas e surpresas para os pais. A ultrassonografia que mostra o [...]

Sindorme-2

Síndrome de Dawn

A síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21 em todas ou na maior [...]

sindrome-mobius

Você já ouviu falar da Síndrome de Moebius?

Quantas vezes você já sorriu hoje? Vale tudo: desde a risada amarela para cumprimentar [...]

Síndrome-de-Williams-6-1024x681

Como lidar com a Síndrome de Williams na escola?

A sociabilidade não é um problema para crianças com Síndrome de Williams. Mas é preciso [...]

FACEBOOK